terça-feira, 16 de agosto de 2011

Uma breve história de Toshikazu Takahashi

No dia 19 de agosto de 1911, nasce Toshikazu Takahashi, no estado de Shizuoka - Japão.
Com os pais, Iwajiro e Sawa Takahashi ,  os irmãos; Yoshio, Harue e Kashiko, imigram para o Brasil em 1930.

No Brasil a família Takahashi  adquiriu um sítio no município de Bastos-SP, mais precisamente na Colônia Esperança.
Em 1933 viu a bela jovem Shizuko Taniguchi, com quem se encantou. Casaram-se 1 ano depois. Nasce então, mais uma  família batalhadora, com coragem e pioneirismo.
Shizuko Taniguchi, nasce em 1913, no estado de Hiogo - Japão. Imigrou para o Brasil em1928 junto com os irmãos Akira, Takashi e Tsuneko.  Todos os imigrantes japoneses passaram o primero ano sob contrato, por fazendas agrícolas.  Mesmo os que traziam recursos para concretizarem seus sonhos. Passado o ano,  instalam-se em Bastos-SP.
Toshikazu e Shizuko, tiveram oito filhos: Minoru, Katsumi, Miyoko, Maria, Saburo e Neuza na cidade de Bastos,  Creuzo e Wilson já em Paranavaí.
 Em Bastos, Toshikazu já participava anualmente de concursos fotográficos e em um dos anos, teve uma das fotos premiada. Shizuko, sua amada esposa, foi sua grande incentivadora e  ajudava-o à noite a revelar as fotos no sítio e também durante toda sua carreira como fotógrafo profissional.
Todos os irmãos de Toshikazu, casam-se e foram residir em outras localidades. Assim Toshikazu, vende o sítio e muda-se em 5 de agosto de 1949, para a ainda Fazenda Brasileira ,Colônia de Paranavaí, com os pais, a esposa e quatro dos seis filhos nascidos em Bastos-SP; Miyoko, Maria, Saburo e Neuza. Os filhos Minoru e Katsumi, já freqüentavam o ginásio e então permaneceram na cidade de Bastos. Em 1950 nasce seu filho Creuzo,o primeiro paranavaiense nissei. Em 1953 outro filho paranavaiense, Wilson. Assim completam sua grande família com oito filhos. Para Toshikazu e Shizuko Takahashi, o amor à família, era-lhes natural. Traduzindo, priorizaram sempre os estudos dos filhos  encaminhando-os para a faculdade.
Chegando na futura cidade de Paranavaí, a princípio durante 3 anos atuaram no ramo da hotelaria e tendo um veículo, os hóspedes que lhe pediam  para leva-los aos lugares ainda em colonização, Toshikazu fazia-o com espírito solidário e sempre com sua máquina fotográfica tirava  fotos como fotógrafo amador. Não demora para suas virtudes fotográficas serem reconhecidas e  atendendo a pedidos dos outros pioneiros  da então Colônia Paranavaí, tirava fotos que eram reveladas por ele próprio, como as fazia ainda no sítio. Já em 1950 foi solicitado para tirar as primeiras fotos aéreas da Colônia Paranavaí.  O avião um pequeno monomotor,chamado na época de Teco-teco, naturalmente devia ser rápido e balançar bastante, porisso, a perfeição das fotos é de tirar o fôlego. Quanto mais  as olho, mais admiro o fotógrafo e os pioneiros da cidade de Paranavaí. Porque nelas é possível enxergar que a cidade foi desbravada e construída por pessoas com palpável espírito desbravador, solidariamente éticos, trabalhadores e muito, muito amor à Paranavaí e ao Brasil.
 
Toshikazu Takahashi falece em 13 de junho de 1991.
Shizuko Takahashi segue-o 7 meses após, em 20 de janeiro de 1992, exatamente quando Paranavaí comemorava o dia de São Sebastião, o padroeiro da cidade.

Eu, Neuza, filha,responsabilizo-me pelas datas que por um lapso de memória e no afã de homenagear esta pessoa incrível que foi meu pai, podem não estarem tão cronologicamente precisas. Mas, os 100 anos dessa pessoa admirável, sendo comemorados em 19 de agosto de 2011  é precisamente correto. 
Quisera ter podido comemorar esta data, como sempre eles fazia questão de comemorar todos os Natais e os Anos Novos; cercados pelos filhos, noras, genros e netos, com muita alegria, cheiros, sabores e cores.

Parabéns Toshikazu Takahashi!!!!

Agradeço ao meu filho, Ramon Hoshino, que elaborou esta página com amor por seus avós. Ele, com todos os outros quatorze netos, tiveram a alegria de conviver com este avô  amoroso e ter lembranças divertidas e saborosas, nas festas de finais de ano.

4 comentários:

  1. Ver essa página, foi como conhecer Takahashi.

    De família também pioneira em Santa Isabel do Ivai, lá cresci, estudei e me casei e lógico, tive enorme e inesquecível relacionamento com Paranavai, em seu nascedouro. Relacionamento que perdura até hoje.

    Abraço Ramon e Neuza por escreverem tão bonita página da história de Paranavai e da saga da família no Brasil

    Deus haverá de abençoá-los, sempre. Ele gosta de vocês.

    Parreiras Rodrigues, Ctba. (jornalparreiras@gmail.com)

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, conheci seu pai e seus irmãos Creuzo e Wilson, lembro-me quando foi aprovado no ITA, para nós, foi motivo de orgulho tem um nissei conhecido aprovado numa escola nivel internacional. joguei bola com eles, salvo engano, seu irnão foi trabalhar na viaçao Maringá, estou certo? lendo isso me deu uma saudade daqueles tempos da minha infância, conheci o estúdio do seu pai, ficava na frente da casa aliança. talvez eu seja o segundo ou terceiro nissei paranavainse. saí em 1971 para estudar em São Paulo, atualmente moro em Brasília e voce Neuza, mora onde? infelizmente não me lembro de ti. meu pai tinha o bazar paranavaí na manoel ribas e minhas irmãs o instituto de beleza hollyood na mesa rua antes do bar toyokaya e casa record. meu nome jorge yukio takamoto. muita paz. meu email jtaka@ibest.com.br

    ResponderExcluir
  3. Parabéns, conheci seu pai e seus irmãos Creuzo e Wilson, lembro-me quando foi aprovado no ITA, para nós, foi motivo de orgulho tem um nissei conhecido aprovado numa escola nivel internacional. joguei bola com eles, salvo engano, seu irnão foi trabalhar na viaçao Maringá, estou certo? lendo isso me deu uma saudade daqueles tempos da minha infância, conheci o estúdio do seu pai, ficava na frente da casa aliança. talvez eu seja o segundo ou terceiro nissei paranavainse. saí em 1971 para estudar em São Paulo, atualmente moro em Brasília e voce Neuza, mora onde? infelizmente não me lembro de ti. meu pai tinha o bazar paranavaí na manoel ribas e minhas irmãs o instituto de beleza hollyood na mesa rua antes do bar toyokaya e casa record. meu nome jorge yukio takamoto. muita paz. meu email jtaka@ibest.com.br

    ResponderExcluir
  4. Bela história, extraordinárias fotografias. Um haicai à família Takahashi. No clarão da lua/à sombra de margaridas/o sapo ouve grilos. Caco de Oliveira,57 - Joinville - SC - Banzai!

    ResponderExcluir